National Gallery of Victoria

Nome do localNational Gallery of Victoria (NGV International)
LocalizaçãoMelbourne, Austrália

National Gallery of Victoria é uma galeria de arte e um museu em Melbourne, Austrália. Fundado em 1861, é a galeria de arte mais velha e a maior para o público em geral na Austrália. A principal galeria está localizada na estrada St Kilda, no bairro de Southbank, com uma filial em Federation Square, também em Melbourne.

Na época em que a galeria começou a funcionar, Victoria tinha sido uma colônia independente por somente dez anos, mas no caminho da Corrida do Ouro em Victoria, a colônia se tornou facilmente a parte mais rica da Austrália, e Melbourne se tornando a maior cidade. Com doações generosas de cidadãos ricos, destacando-se principalmente o industrial Alfred Felton, foi possível que a Galeria Nacional comprasse uma grande colecção de obras, de todo o mundo e de mestres antigos e conteporâneos. A galeria tem atualmente 63.000 obras de arte.

Tags Centro de arteAcessível para cadeiranteGaleria de Arte
Download Download Veja mais
De Melbourne: Excursão à Estação de Esqui Lake Mountain a partir de 96 USD

Mais informações e contato

Wikipedia https://pt.wikipedia.org/wiki/National_Gallery_of_Victoria

Official Website https://www.ngv.vic.gov.au/

Telefone +61 3 8620 2222

Coordenadas -37°49'21.591" N 144°58'8.162" E

Tours e atividades: National Gallery of Victoria

De Melbourne: Excursão à Estação de Esqui Lake Mountain

Confirmação imediata
a partir de 96 USD

Melbourne: Excursão Bares Secretos

Evite filas
Confirmação imediata
a partir de 35 USD

Excursão de Vinhos de 1 Dia no Vale do Yarra com Almoço

Confirmação imediata
a partir de 100 USD

Sygic Travel - um guia de viagens no seu bolso

Faça o download gratuitamente e planeje suas viagens com facilidade
Digite o seu número de celular para receber um link e baixar o app:
Ou procure por \"Sygic Travel\" na App Store ou Google Play.
Sygic Travel Maps O primeiro aplicativo de mapas do mundo projetado para viajantes
Usar o aplicativo Agora não